Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade e uso de cookies, onde poderá desactivar os mesmos.

OK
Close
79754
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER Fique a par de todas as novidades
Close
Pesquisar
Pesquisar
Pesquisar Pesquisar

Guiné-Bissau, Gâmbia e Senegal juntos em MoU com o objetivo de contribuir para o combate ao tráfico de droga

14.08.2019
Guiné-Bissau, Gâmbia e Senegal juntos em MoU com o objetivo de contribuir para o combate ao tráfico de droga

No passado dia 29 de julho, em Banjul, na República da Gâmbia, decorreu a assinatura de um Memorando de Entendimento entre a Polícia Judiciária da República da Guiné-Bissau (PJ), a Agência da República da Gâmbia de Combate ao Tráfico Ilícito de Droga (DLEAG) e o Departamento Central da República do Senegal responsável pela Repressão do Tráfico Ilícito de Produtos Estupefacientes (OCRITS).

O referido Memorando de Entendimento destina-se a contribuir para o combate ao tráfico organizado de drogas e problemáticas conexas.

O Memorando de Entendimento permitirá que estes três países partilhem informações e inteligência, bem como realizem ações conjuntas de formação e patrulhamento das zonas fronteiriças, num esforço conjunto de luta contra o tráfico de drogas e o crime organizado.

As autoridades acreditam que este Memorando de Entendimento também irá contribuir para o reposicionamento tático dos oficiais, criando uma frente comum de combate a este tipo de criminalidade altamente organizada nesta sub-região.

A Polícia Judiciária é uma das entidades parceiras do PACED na República da Guiné-Bissau.

O PACED tem como objetivos a afirmação e consolidação do Estado de direito nestes países, assim como a prevenção e luta contra a corrupção, o branqueamento de capitais e a criminalidade organizada, em particular, o tráfico de estupefacientes.

A sua intervenção centra-se em ações destinadas a capacitar institucionalmente as autoridades competentes ao nível legislativo, executivo e judiciário, promovendo o intercâmbio e partilha de conhecimento e de boas práticas.

Com duração até dezembro de 2019 e previsível extensão até ao final de 2020, o PACED tem um orçamento de 8,4 milhões de euros (7 milhões financiados pela União Europeia ao abrigo do 10º FED e 1,4 milhões pelo Camões, I.P.), dos quais 8,05 administrados diretamente pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

 

Fotografia e fonte: http://thepoint.gm/africa/gambia/article/gambia-senegal-guinea-bissau-ink-mou-to-curb-drug-trafficking

relacionados
Galeria Agenda Paced em Números