Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade e uso de cookies, onde poderá desactivar os mesmos.

OK
Pesquisar
Pesquisar
Pesquisar Pesquisar

São Tomé e Príncipe: Especialistas Forenses recebem formação à distância

26.03.2021
São Tomé e Príncipe: Especialistas Forenses recebem formação à distância

Teve início a 25 de março de 2021 a ação de formação à distância destinada aos especialistas do laboratório da Polícia Judiciária (PJ) de São Tomé e Príncipe, realizada no âmbito do PACED – Projeto de Apoio à Consolidação do Estado de Direito nos PALOP e em Timor-Leste.

A formação «Abordagens temáticas sobre o Local do Crime», ministrada por videoconferência pela PJ de Portugal a cinco elementos da equipa forense da PJ de São Tomé e a dois da Região Autónoma do Príncipe, decorre até abril e antecede a formação presencial que acontecerá ainda no primeiro semestre de 2021.

Esta iniciativa inscreve-se num apoio mais amplo do PACED à Polícia Judiciária de São Tomé e Príncipe, que garantiu já a entrega de duas motorizadas, diverso material de laboratório e outros equipamentos (como a cabine de lofoscopia para análise de impressões digitais), bem como a instalação da rede informática com acesso à internet.

O PACED tem como objetivos a afirmação e consolidação do Estado de Direito nos PALOP e em Timor-Leste, assim como a prevenção e luta contra a corrupção, o branqueamento de capitais e a criminalidade organizada, em particular, o tráfico de estupefacientes. A sua intervenção centra-se em ações destinadas a capacitar institucionalmente as autoridades competentes ao nível legislativo, executivo e judiciário, promovendo o intercâmbio e partilha de conhecimento e de boas práticas.

Com duração até dezembro de 2021, o PACED tem um orçamento global de 8,4 milhões de euros (7 milhões financiados pela União Europeia ao abrigo do 10.º Fundo Europeu de Desenvolvimento e 1,4 milhões de euros pelo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I. P.), dos quais 8,05 milhões de euros administrados diretamente pelo Camões, I.P.

relacionados
Galeria Agenda Paced em Números